Hoje não.

Hoje eu ia escrever um texto sobe procrastinação, mas eu falhei miseravelmente. O meu dia falhou miseravelmente comigo, ou foi o inverso, ou foi recíproco, ainda não sei direito. Mas o dia foi todo baseado em falhar. Ou desistir. Ou os dois. Contudo, antes de contar sobre como o dia de hoje foi uma falha … Continue lendo Hoje não.

Antônio

Eu me chamo Antônio. Não, não é como você deve estar pensando, aquele Antônio das frases em guardanapos de papel, embora minhas emoções estejam tão parecidas quanto aquilo. Antônio é uma homenagem ao meu avô, que sempre quis dar esse nome para um dos filhos, mas que, para sua tristeza, teve apenas filhas. Talvez também … Continue lendo Antônio

Peço que fiques

Não tenho condições de te manter aqui, contra tua vontade, apenas por obrigação. Então, se você for agora, entenderei, mas peço que perceba de coração Que não faço isso de propósito, tampouco só pra te irritar. Então, se você for agora, me calarei, Não te implorarei pra ficar. Contudo, não posso deixar você que vá Assim, … Continue lendo Peço que fiques

Histórias Fortuitas: A rede

Espichando a cabeça para fora da rede, Danilo olha para a penumbra dentro de casa, procurando por seu primo: ― Vem deitar comigo, Gabe! ― Deixe disso, Danilo, sabes que não cabemos nós dois dentro dessa rede e, ainda por cima, tá calor! – Responde o moço, com visível vontade em sua voz. ― Ora, … Continue lendo Histórias Fortuitas: A rede

Prêmio Dardos

Nesta semana, recebi do blog Delírios da Madrugada o Prêmio Dardos, criado pelo blogueiro Alberto Zambade. O prêmio consiste em indicar outros blogs que transmitam, de alguma forma, alguma princípio transformador. Confira os blogs que indiquei!